• Assessoria de Comunicação

Bruno Covas anuncia novas medidas para evitar a proliferação do Covid-19

Prefeito, que vai morar na Prefeitura pelas próximas semanas, reuniu secretários municipais por mais de duas horas para definir novas medidas para conter o avanço do coronavírus e garantir atendimento médico aos paulistanos

O prefeito Bruno Covas já baixou Decreto declarando situação de emergência (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A Prefeitura de São Paulo vai adotar novas medidas para evitar a proliferação do coronavírus (Covid-19) na cidade. Por recomendações da Secretaria de Justiça, da Procuradoria Geral do Município (PGM) e do Tribunal de Contas do Município (TCM), as determinações definidas pelo prefeito Bruno Covas e sua equipe de governo a prefeitura baixou um decreto que reconhece a emergência declarada pelo governo federal (Lei 13.979 de 06/02/2020 e Portaria 356 de 11/03/2020).


Com o decreto será garantida a compra pública de produtos pelo valor histórico e não pelo valor atual praticado no mercado. Outro efeito é a permissão para suspensão de prazos administrativos e serviços não essenciais.


Entres as novas medidas, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) viabilizará 490 novos leitos de UTI na rede pública, as férias dos profissionais de saúde serão adiadas por 60 dias, eventos promovidos pelo Poder Público municipal que gerem aglomerações de pessoas, tais como eventos esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais, palestras, coletivas de imprensa, entre outros, estão suspensos por prazo indeterminado e servidores com 60 anos ou mais trabalharão em regime de home office.


LEIA AQUI A MATÉRIA COMPLETA COM AS MEDIDAS ANUNCIADAS PELA PREFEITURA DE SÃO PAULO


CLIQUE AQUI PARA VER A ÍNTEGRA DO DECRETO

© 2017 por David Paiva

Av. Prestes Maia, 241 - 43º andar - Conj. 4301 - Vale do Anhangabaú/SP CEP 01031-001 -  (11) 3313-7495 ou (11) 3311-8521