• Assessoria de Comunicação

ESCLARECIMENTO À CATEGORIA: FEBRE AMARELA EM SÃO PAULO, A IMPORTÂNCIA E O PAPEL DOS ACS



Em 16 de janeiro deste ano, a OMS (Organização Mundial da Saúde) passou a considerar todo o estado de São Paulo como área de risco de febre amarela.

É neste contexto gravíssimo que entra em cena e se destaca o papel dos agentes comunitários de saúde (ACS) na promoção da saúde e da prevenção de doenças.

Segundo o artigo 3º da Lei nº 11.350/2006 (atualizada pela Lei nº 13.595/2018), que define as atividades dos ACS, “O agente comunitário de saúde tem como atribuição o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, a partir dos referenciais da Educação Popular em Saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS que normatizam a saúde preventiva e a atenção básica em saúde, com objetivo de ampliar o acesso da comunidade assistida às ações e aos serviços de informação, de saúde, de promoção social e de proteção da cidadania, sob supervisão do gestor municipal, distrital, estadual ou federal”.

Em suma, nós, agentes comunitários de saúde, assim como outros profissionais da saúde pública, temos um papel fundamental no que se refere à imunização de toda população contra essa grave doença. É uma questão de princípios morais e de cidadania trabalharmos para que todos tenham acesso, de forma organizada e humanizada, à vacina contra a febre amarela.

O SINDICOMUNITÁRIO-SP, preocupado com essa assustadora realidade, entrou em contato hoje, 23/01/2018, com a secretária municipal adjunta de Saúde, Dra. Maria da Glória Zenha Wieliczka, solicitando que os ACS empenhados na campanha de vacinação contra a febre amarela tenham garantidas a sua integridade física e não sejam obrigados a bater metas de VD (visitas domiciliares), e sim que elas sejam flexibilizadas. Isso para que esses trabalhadores possam realizar seu trabalho de forma mais organizada e sem estresse, afinal é nosso papel lidar com vidas humanas e passar às pessoas positivismo e calma num momento conturbado como este que estamos vivendo.

A secretária adjunta deu sua palavra ao presidente Jailson que atenderá este pedido e garantiu que nenhum ACS será penalizado se não alcançar as metas de visitas domiciliares.

Fiquem atentos e acompanhem sempre as notícias e informações veiculadas em nosso site e em nossas redes sociais (Facebook e WhatsApp).

#febreamarela #vacinação #epidemia #visitasdomiciliares #Sindicomunitário #SecretariadeSaúdedeSãoPaulo #MariadaGlóriaZenha

0 visualização

© 2017 por David Paiva

Av. Prestes Maia, 241 - 43º andar - Conj. 4301 - Vale do Anhangabaú/SP CEP 01031-001 -  (11) 3313-7495 ou (11) 3311-8521