• Assessoria de Comunicação

Sindicomunitário se reúne com a coordenadora de Atenção à Saúde de São Paulo



Diretores do Sindicomunitário durante reunião com a Dra. Edjane Torreão Brito, ao lado de Ivanilda Marques, do Deptº de Atenção Básica.

Na manhã de hoje (28/01, segunda-feira), a diretoria executiva do Sindicomunitário-SP reuniu-se com a coordenadora de Atenção à Saúde (CAS) da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS), Dra. Edjane Maria Torreão Brito e sua equipe.

Estiveram presentes, por parte do nosso sindicato, o presidente José Jailson, o secretário geral João Paulo de Souza, a diretora financeira Marta Sanches, a diretora do Deptº Jurídico Andréia de Carvalho Gonçalves, e o diretor técnico Lauriano Gomes.

Da parte da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), além da Dra. Edjane, estiveram presentes Maria Cristina Abbate (Coordenação do Programa Municipal de DST/Aids), Eunice Kishinami (AB/PAVS), Helena Zaio (Deptº. de Atenção Especializada e Temática), Silvana Kamehama (coordenadora ESF), Rosana Castanho Sant’Anna (assessora), Mário Wakanishi (coordenador Saúde Bucal), e Ivanilda Argenau Marques (Deptº. de Atenção Básica).

Basicamente, a pauta do encontro foi a descaracterização e precarização da função dos agentes comunitários de saúde (ACS) na cidade de São Paulo. O Sindicomunitário-SP foi pessoalmente pedir a intermediação, junto às O.S. (Organizações Sociais), por parte da Coordenação de Atenção à Saúde, que essa situação das atribuições dos ACS seja regularizada. Na oportunidade, o presidente Jailson entregou uma de nossas últimas publicações, a revista ‘O papel do ACS conforme determina nossa legislação’ nas mãos da coordenadora do CAS.


O presidente Jailson apresenta e entrega um exemplar da nossa publicação ‘O papel do ACS conforme determina nossa legislação’ à Dra. Edjane.

É fartamente sabido que a categoria está constantemente sendo obrigada a realizar funções que não fazem parte de sua competência, o que está prejudicando drasticamente o atendimento à população e distorcendo a função original do ACS. Com isso, todo mundo perde, principalmente a população mais carente e que depende exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Estratégia Saúde da Família (ESF).

Outras demandas importantes e pontuais, que nosso sindicato vem cobrando há mais de um ano, desde a gestão do secretário municipal de Saúde Wilson Pollara, é a qualificação dos ACS através do Curso Técnico de Agente Comunitário de Saúde. Outra demanda visa diminuir a burocracia e agilizar o envio de informações para a própria SMS através de um aplicativo usado em smartphones, que já deveriam estar sendo distribuídos a todos os ACS, conforme prometido pelo então prefeito João Dória (PSDB).

Fórum

O resultado desse encontro foi, de início, bastante positivo e promete ser produtivo. Após ouvir cada diretor do Sindicomunitário-SP presente, a própria Dra. Edjane fez uma excelente proposta: a criação de um Fórum de discussões que envolva a SMS, sindicato e os próprios ACS, onde todas essas demandas seriam ouvidas e discutidas diretamente com a categoria, com intermediação da nossa entidade.

Para tanto, já foi marcada uma próxima reunião, já no mês de fevereiro, para selarmos essa parceria e para termos respostas acerca dessas demandas que foram protocoladas na SMS.

Portanto, conseguimos avançar mais um pouco no que tange aos abusos sofridos por nossas companheiras e companheiros por parte dos nossos empregadores.

Fiquem atentos e acompanhem sempre as publicações do Sindicomunitário-SP em nosso site e em nossas redes sociais (Facebook e WhatsApp). Ali sempre tem alguma novidade de interesse de nossa categoria!


Diretores do Sindicomunitário-SP e equipe da Coordenaria de Atenção à Saúde registram, em foto, esse primeiro e importante encontro na Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.

#SMS #DraEdjaneTorreão #AtençãoBásica #reuniãoSMS #JoséJailson #Sindicomunitário

0 visualização

© 2017 por David Paiva

Av. Prestes Maia, 241 - 43º andar - Conj. 4301 - Vale do Anhangabaú/SP CEP 01031-001 -  (11) 3313-7495 ou (11) 3311-8521